Virtualidades


O Momento do PSD

Pacheco Pereira é um valor inegável do PSD. Aos que pensam que não faz falta, respondo que um partido não se consegue implementar sem intelectuais da craveira de JPP. Discordo da forma aguerrida como está a lutar contra a actual direcção, mas pelo menos está na praça pública a lutar pelas suas ideias. Ao contrário daqueles que preferem os restaurantes ou os cafés escondidos, JPP critica com a frontalidade e está no combate ideológico interno. Já antes das eleições directas manifestou as suas ideias. Mesmo quando foi incoerente, como na noite eleitoral da derrota de Marques Mendes, JPP foi frontal. E não escondeu sentimentos hipócritas. O PSD necessita é de mais intelectuais como JPP. Ao contrário de outros, dá a cara. Se outros seguíssem o seu caminho talvez o partido não estivesse nesta situação

Em relação a Luís Filipe Menezes, tenho sentimentos dúbios. Gosto e aprecio a sua personalidade. Considero que tem inegáveis qualidades para liderar o partido. Já ouvi alguns discursos seus ao vivo e fiquei com uma imagem diferente da que ele transmite nos media. A minha principal ideia: à sua equipa falta-lhe valor e qualidade. E acima de tudo, honestidade intelectual. Tem demonstrado excelentes ideias, como a promessa de descida do IVA até 16%, mas ainda não conseguiu convencer-me. Mas deve ter tempo para trabalhar. O PSD teve eleições em Setembro passado. Não podemos ir a votos de seis em seis meses. Os críticos tiveram a oportunidade de ir a jogo em Setembro. Preferiram apostar em Marques Mendes, quando era evidente que não era solução para ganhar 2009. Agora terão de esperar!

Etiquetas:

0 Responses to “O Momento do PSD”

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health