Virtualidades


política à portuguesa

O Governo "controleiro"
O Partido Socialista pretende centralizar todas as polícias sob comando único. Os socialistas demonstram assim o seu possessivo desejo de controlar tudo e todos. A sociedade civil, sem ver o nenhum mal no que poderá vir aí com esta concentração de poderes, nada diz, nada faz e não se preocupa. Num país que apenas se comove com as causas nobres, como a Esmeralda ou Timor, os sucessivos governos têm cometido as maiores barbaridades e atropelos às liberdades dos cidadãos. Se esta reformulação for para a frente, o Primeiro Ministro (este ou qualquer outro) poderá controlar de uma forma inaceitável o rumo das investigações.

Ler o Bloguítica de Paulo Gorjão, onde temos toda a informação sobre este verdadeiro atentado à liberdade.

Excelente Post de Pedro Magalhães:

"...Na página 38, o Público divulga uma carta do Ministro da Administração Interna, António Costa, dirigida a Paulo Ferreira, subdirector do jornal, onde, depois de contestar as suas afirmações em editoriais dos dias 3 e 9, conclui da seguinte forma:

"Até lá sugiro, que, para a próxima, pense três vezes antes de me insultar novamente".

Uma pessoa, assim, até fica mais descansada. Tento imaginar Michael Chertoff, Secretário do Departamento de Homeland Security, a escrever uma carta como esta a Bill Keller, do New York Times ("Until then I suggest that, next time, you think three times before insulting me again") e não consigo. Já consigo imaginar Bill Keller a ser inspeccionado pelo IRS, escutado pelo FBI e vigiado pela CIA, mas a receber uma carta estilo "cabeçada à Cais do Sodré" é mais difícil. O que até pode ser um bom sinal: quem realmente tem poder não fala assim."

15 Responses to “política à portuguesa”

  1. # Anonymous Anónimo

    controleiro e muito controleiro, têm policia secreta e empurram para o desemprego quem nao tem cartao do ps  

  2. # Anonymous Anónimo

    e os bufos andam por aí a controlar nos, cuidado, são quase pior que a Pide.  

  3. # Anonymous Anónimo

    mas ao PS tudo lhes é perdoado.
    é verdade, após referendo do aborto, segue referndo aos casamentos homosexuais; depois á adpção de crianças por casais homosexuais e depois talvez sexo de humanos com animais!  

  4. # Anonymous Anónimo

    pois, com o aborto, será que se aumenta a populaçao originária da Europa em extinção?pois não, agora, se avançarem tambem com um subsidio de natalidade, é ver os afro europeus a ter mais ninhadas de filhos ainda e o branco a descontar e a trabalhar que nem um camelo para eles sobreviverem.
    por um lado, fecham-se os consulados portugueses na europa e por outro dá se todo o apoio aos imigrantes não europeus em Portugal, brasileiros e africanos= tudo. e restringue-se apoio a bulgaros e romenos que são da comunidade europeia. E depois ainda temos de aceitar todos os fundamentalismos dos outros continentes e religioes, que nao nos aceitam mais. bolas, mais ao complexo colonial, eles não quiseram independencia? entao porque não nos largam a saia? desenrasquem-se, isto não está para paternalismos sem nexo. E ainda temos que gramar com as nossas paredes cheias cagadas de gatafunhos (nao garfitis) e tempos de comer e calar senao somos racistas, socorro, tomem medidas de apoio aos nacionais, porque de apoio ao imigrante já há demais!  

  5. # Anonymous Anónimo

    e sabiam que a filha do jorge sampaio só teve 10 na média final de curso e teve acesso a 1 alto cargo de Estado pelo seu mérito?
    e a fatima felgueiras que recomendou (cunha) por escrito ao administrador da caixa geral de depositos, de uma xuxialista lá de felgueiras? a carta até circulou na net. E a filha da felgueras tb arranjou 1 emprego na RTP, e a sobrinha do coelhone tb se safou como actriz e e e e ....  

  6. # Anonymous Anónimo

    andamos a trabalhar para sustentar minorias disto e daquilo, e os "normais" quem nos defende e sustenta? tantas assistentes sociais socialistas e catolicas hipocritas andam por aí, só não ajudam os "normais",tb quero buáaaaaa  

  7. # Anonymous Anónimo

    andamos a trabalhar para sustentar minorias disto e daquilo, e os "normais" quem nos defende e sustenta? tantas assistentes sociais socialistas e catolicas hipocritas andam por aí, só não ajudam os "normais",tb quero buáaaaaa  

  8. # Anonymous Anónimo

    andamos a trabalhar para sustentar minorias disto e daquilo, e os "normais" quem nos defende e sustenta? tantas assistentes sociais socialistas e catolicas hipocritas andam por aí, só não ajudam os "normais",tb quero buáaaaaa  

  9. # Anonymous Anónimo

    andamos a trabalhar para sustentar minorias disto e daquilo, e os "normais" quem nos defende e sustenta? tantas assistentes sociais socialistas e catolicas hipocritas andam por aí, só não ajudam os "normais",tb quero buáaaaaa  

  10. # Anonymous Anónimo

    andamos a trabalhar para sustentar minorias disto e daquilo, e os "normais" quem nos defende e sustenta? tantas assistentes sociais socialistas e catolicas hipocritas andam por aí, só não ajudam os "normais",tb quero buáaaaaa  

  11. # Anonymous Anónimo

    privatizem logo isto tudo de uma vez, para dar �s empresas dos amigos e familia do governo, para terem lucros e bons empregos.  

  12. # Anonymous Anónimo

    nós (os ditos normais) é que vamos ter de pagar mesmo e a dobrar, os serviços publicos que querem privatizar para os amigos, até os cemiterios querem privatizar  

  13. # Anonymous Anónimo

    e quantos portugueses tiveram de siar do país em 2006 para trabalhar e muitas contra vontade? quase 100.000 e quantos imigrantes entraram em portugal?
    e quantos imigrantes sairam? poucos, muito poucos. Quem quer ir para africa ou para o barsil quando aqui tem avidinha facilitada? Espanha até nos empurra pra cá os norte africanos, venham todos!  

  14. # Anonymous Anónimo

    ora o aeroporto da OTA, parece que alguns socialistas da nossa praça compraram terrenos na Ota ao preço da uva mijona, para agora receberem balurdios do Estado pelos mesmos terrenos, para não falar dos empreiteiros que financiam o PS, e esperam esta recompensa.  

  15. # Anonymous Anónimo

    Os nossos militares, mas alguem acredita que eles nos defendam de alguma coisa? defendem se a eles proprios só e os seus acomodados interesses. Receiam a NATO, têm medo. o Governo tem razão em cortar a estes ociosos que não fazem nada, e ainda roubam a manutenção militar, trazem bens alimentares aos quilos para casa, e detergentes? o governo nao deve recuar, pois eles proprios admitem nos corredores que têm medo da Otan.  

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health