Virtualidades


Conclusão do Apito Dourado

As escutas podem não ter valido, mas estão transcritas. Não só estas mais recentes como também aquelas que o Independente publicou ao longo dos anos 90 e que são tão óbvias que é impossível ignora-las. O que o senso comum reconhece é que os dirigente do teu Porto corromperam árbitros, arranjavam-lhes prostitutas, pagavam-lhes favores. Os tribunais não aceitaram as escutas e safaram-se, à boa maneira portuguesa.

Mas não é pelo facto das provas não terem sido aceites em tribunal que as coisas são diferentes. Podes estar satisfeito por se terem safado ou por irem adiando as consequências, o que compreendo, mas não me podes argumentar que são patranhas.

Comentário de João Caetano Dias, no Blasfémias, num post de CAA, um dos maiores apoiantes da corrupção no futebol português, ou seja, do FCP de Pinto da Costa. A justição não arranjou provas para condenar o FCP. O mesmo é válido para quase todos os casos de corrupção investigados em Portugal que envolveram políticos. Espero que o CAA tenha este empenhamento na defesa de políticos que foram "enxovalhados" pela justiçã portuguesa, mas nnca condenados. Pode começar já pelo Avelino Ferreira Torres e pela Fátima Felgueiras.

Etiquetas: , ,

0 Responses to “Conclusão do Apito Dourado”

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health