Virtualidades


"Israel deve ser apagado do mapa"

Esta frase é da autoria do chefe de estado de um país. Mahmud Ahmadinejad, o líder Iraniano defendeu isto abertamente. Para ele, o Estado de Israel deve ser eliminado fisicamente. As afirmações deste presidente "terrorista" são demasiado preocupantes para ficarmos parados. Frases como "A nação muçulmana não permitirá que o seu inimigo histórico viva no seu próprio coração" e "Os dirigentes da nação muçulmana que reconhecerem Israel queimarão nas chamas da cólera do seu próprio povo" são a prova que a comunidade internacional precisava para agir. Neste momento, Irão está a tentar adquirir tecnologia nuclear, constituindo uma séria ameaça à segurança internacional. A ONU não pode simplesmente ficar calada nesta situação, e o pedido de Israel para expulsar o Irão da ONU tem toda a razão. Um país que apela à destruição de outro não pode ser tolerado pela comunidade internacional. Claro que a hipocrisia nestas situações é que dita as regras. Mais uma vez, a condenação firme e veemente veio dos suspeitos do costume, aqueles que apenas querem fazer a "guerra". Os pacifistas e os amantes da paz tiveram reacções tímidas, como convém.
Em Portugal, curiosamente, ainda não ouvi nenhuma palavra de condenação dos habituais radicais da paz. Ou será que muitos destes senhores e senhoras concordam com estas declarações?

0 Responses to “”

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health