Virtualidades


Que diferença

Nas próximas eleições presidenciais vamos ter em campo duas formas diferentes de estar na política. Cavaco contra todos... este vai ser o lema da campanha.

Por um lado temos 4 candidaturas da esquerda, que todas se apresentam para derrotar o candidato da direita. São candidaturas meramente conjunturais, que apenas se apresentam sob a lógica partidária, para reforçar a força do partido, como o Bloco de Esquerda e o PCP, para derrotar Cavaco Silva, como Mário Soares e Manuel Alegre. São candidatos fracos, sem grande apoio popular, onde não geram apoios substanciais fora da sua área política. Os apoiantes destes candidatos são meramente representantes dos partidos políticos, personalidades conotadas com as diferentes áreas políticas ou alguns conhecidos activistas. Manuel Alegre destaca-se por não ter nenhum partido a apoiá-lo e por representar alguma dignidade e honestidade política .
Cavaco Silva apresenta-se como o candidato da esperança, da credibilidade e da honestidade intelectual. Cavaco é candidato por Portugal e não para derrotar um qualquer candidato da esquerda. Cavaco não surge como uma estratégia do PSD nem do CDS, Cavaco nem sequer representa nenhum partido. O leque de apoiantes de Cavaco Silva ultrapassa em larga medida o espaço político da direita, tendo como apoiantes ex governantes socialistas, personalidades conotadas com a esquerda, empresários, advogados, desportistas, professores universitários, e imagine-se, gentes das artes e do espectáculo.

0 Responses to “”

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health