Virtualidades


Apontamentos

A morte de um ditador – Milosevic morreu na cadeia do TPI em condições muito estranhas, que ainda ninguém soube explicar. Semanas antes tinha morrido outro sérvio. Estas mortes abalam seriamente a credibilidade do TPI. Apesar de ser um ditador execrável, este sérvio não foi diferente de outros croatas e bósnios que mataram e assassinaram milhares de pessoas. A esquerda anda muito calada com esta morte, pois vem colocar em causa o TPI. Obviamente, se isto se tivesse passado numa cadeia norte americana, a discussão animaria páginas e páginas de jornais. Mas como foi no honroso TPI, essa glória da diplomacia europeia

Umas eleições que se esperam renhidas – Acaba de ser anunciado o candidato do PSDB para as próximas eleições presidenciais brasileiras. Apesar de José Serra ter sido o nome mais falado, o opositor de Lula da Silva chama-se Geraldo Alckmin, e é Governador do Estado de São Paulo. Este nome é perfeitamente desconhecido para mim, mas espero que seja um nome credível para "lutar" contra Lula. É que apesar de não se ter transformado num populista da América do Sul, Lula da Silva andou demasiado pela "lama" da corrupção com os seus sucessivos escândalos. Claro, que nesta questão, a esquerda europeia esteve bem calada. Como sempre, é cúmplice dos seus...

O jornalismo militante – Berlusconi, outra das figuras incontornável na cena politica europeia ganhou um pouco da minha simpatia. Na semana passada, ele que é acusado (a meu ver correctamente) de dominar o panorama audiovisual de Itália, saiu a meio de uma entrevista na RAI. Pelo que pude observar, a jornalista teve um comportamento miserável para a profissão, transformando uma entrevista num debate. O jornalismo militante é uma forma encapotada de fazer política. Se estes senhores querem fazer política, que entrem para os partidos. Não é possível fazer política e escrever sobre ela. Em Portugal, este tipo de jornalismo fabricou um pequeno grupo de extrema-esquerda, levando-o a ter 5% em eleições.

1 Responses to “”

  1. # Blogger Marcos Couto

    Bem vamospor partes e debaixo para cima.

    Berlusconi, mais um exemplo de que Marxesta certo, "quem controla a superestrutura da sociedade controla a infra -estrutura", ou seja quem controla os vectores economicos de um estado acaba por controlar todos os restantes vectores, o social, o politico, etc... Vemos que o percurso de Berlusconi está perfeitamente coadunado com isto, começou por dominar economicamente até chegar a todos os outrospatamares da vida italina acabando até por dominar os veiculos de comunicação social. Ora em portugl e como o Nuno tao bem o referiu também o BE apercebeu-se desta verdade Marxista pelo que procura por todos os meios dominar a comunicação social, só que se esquece que não domina por muito que queira a superestrutur. tem lá uns amigos nessa superestrutura que até lhes acham piada e aproveitam até e roubam alguns votos aos chatos dos comunistas e dos seus sindicatos, da lhes algum jeito.

    Em relação ao caso brasileiro, não tenho particular admiração por Lula da Silva, não é comunista mas antes sindicalista, considero - o como um homem deesquerda mas à moda de Alegre... por isso tanto se me da que perca ou ganhe... bom bom era q o PCdoB ganhasse  

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health