Virtualidades


As perigosas relações do Bragaparques

José Sá Fernandes está a dar uma lição aos políticos portugueses. Com a sua corajosa denúncia da tentativa de corrupção de que foi alvo, mostrou que podemos confiar em alguns políticos, que denunciam todos aqueles que tentam subverter o sentido da política. Não sendo de todo da sua ala política, e abominando as suas posições políticas e ideológicas, entendo que a honestidade e a coragem não fazem parte das ideologias, mas sim da consciência de cada um. Fossem muitos os políticos, que como ele, agiram contra os corruptos, e este país estaria melhor servido. Este caso, que espero que tenha consequências jurídicas sérias para os envolvidos, vem demonstrar muito do que já suspeitávamos e que Maria José Morgado tão explicitamente tinha defendido em tempos. Existe em Portugal um amplo campo de negócios obscuros entre políticos e empreiteiros, que tem desprezado a nossa democracia, e efectuado fortunas em muitos políticos e empresários. A democracia portuguesa está doente e necessita rapidamente de uma nova geração de políticos, para retirar Portugal do fundo da União Europeia. Não há partido português que não tenha estado envolvido em situações de corrupção, mas feitas as contas, quantos foram condenados? Abílio Curto, Ferreira Torres (este ainda poderá ter penas mais pesadas, por outros processo) e pouco mais. Uma democracia evoluída só funciona com um sistema judicial justo e honesto, que consiga punir os culpados. Só assim é que conseguiremos atingir os patamares de desenvolvimento que todos reclamamos.

Este caso tem de ser resolvido de forma exemplar, fazendo todas as investigações necessárias para punir os culpados, sejam eles quem forem. Não percebo a posição do PSD da CM de Lisboa, ao recusar a moção do Bloco de Esquerda para investigar todas as relações da edilidade lisboeta com a Bragaparques. Demonstra que existe medo que se descubra alguma coisa. Curiosamente, o PS também se absteve na moção do BE, certamente também receosa dos negócios efectuados com a mesma empresa no tempo da construção do parque do Rossio. Marques Mendes, neste caso, não pode estar calado, e deve exigir uma investigação total a estes negócios: outra posição não se pode esperar.

0 Responses to “”

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health