Virtualidades


era digital

Notas de um jornalismo independente II
O JN, hoje na sua primeira página, faz a sua avaliação da prestação do Governo de George W. Bush. Ainda antes de termos resultados eleitorais, o JN já decidiu sobre o resultado de eleições (o que até nem parece muito descabido) mas acima de tudo, faz juízos de valor sobre o trabalho de um governo. Quando é que os jornalistas começam a guardar as convicções na gaveta? Não é admissível este tipo de jornalismo militante, com opinião e sem a mínima isenção.

4 Responses to “era digital”

  1. # Anonymous João Ribeiro

    Duas das principais funções dos jornalistas, talvez mesmo as mais importantes, são formar e informar. Por exemplo, dar uma notícia é contar, relatar, narrar o que aconteceu. Apenas isso. Infelizmente, há jornalistas (e ainda bem que não são todos, esperando eu que seja apenas uma minoria) que gostam de opinar, mesmo sabendo que não é essa a sua função. A informação deve ser objectiva e não subjectiva.
    No caso concreto aqui apresentado pelo Nuno, "Bush paga na renovação do Congresso más políticas de governação", salta à vista a presença do adjectivo "más" a qualificar as políticas de George W. Bush. Será que isto não é tomar partido?  

  2. # Anonymous João Ribeiro

    Correcção ao meu comentário:
    Onde escrevi "Por exemplo, dar uma notícia é contar, relatar, narrar o que aconteceu.", pedia que o Nuno ou o Miguel retirassem o "por exemplo".
    Obrigado

    Abraços  

  3. # Blogger Nuno Gouveia

    Caro João,

    Eu não consigo apagar ou alterar os comentários. Mas a tua ideia ficou bem expressa. Um dos problemas do jornalismo contemporâneo é mesmo isso que referes. O jornalismo opinativo, que fazia parte dos primórdios da actividade, tem regressado em força. Toda a gente tem e deve ter opiniões próprias, mas não é aceitável que utilizem os espaços noticiosos para o exprimir. Isso, podem fazer nos espaços de opinião, ou até em blogs ou outros espaços. O que acontece é que os jornalistas confundem a sua opinião pessoal com as noticias que escrevem.  

  4. # Anonymous João Ribeiro

    Faltou referir isto:

    Como sabemos, os jornalistas são dos principais líderes de opinião de uma sociedade. Assim sendo, ao transmitirem a sua opinião numa notícia, acabam por influenciar a opinião pública e esta acaba por aceitar que o que o jornalista diz é sagrado e inimputável. Isto acarreta o perigo de poder haver pessoas que não pensem por si, que não raciocinem, influenciadas que estão, para não dizer hipnotizadas, por esses líderes de opinião.  

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health