Virtualidades


O radicalismo não vencerá

Através deste post, juntei-me à causa anunciada no O Vilacondense

10 Responses to “”

  1. # Blogger Miguel M. Ferreira

    Esta questão dos cartoons e afins levanta uma nova visão sobre os problemas com os fundamentalistas, como o Hamas. É que se até agora eles, e os seus defensores por todo o mundo, diziam que as suas actividades eram uma guerra contra uma potência ocupante, uma resposta armada a uma ocupação armada, um acto de defesa do território, agora que poderão dizer?
    Com esta demonstração de intolerância, de censura religiosa, de actos criminosos contra países como a Dinamarca e outros da U.E., estes tipos demonstram a sua essência: autênticos fanáticos, criminosos, e dementes.
    E quem desde sempre os apoiou? Agora cala-se bem caladinho...  

  2. # Anonymous Pedro Monteiro

    Parece que os senhores ja nao se lembram da celeuma em torno do Cartoon de João Paulo II com um preservativo no nariz...
    Autênticos fanáticos, criminosos e doentes... a Opus Dei e a expressao maxima da lucidez...
    Ja agora, isto nao passa de folclore... em vez de profissões de fé como esta da bandeira, podiam discutir qualquer coisa útil...  

  3. # Blogger Nuno Gouveia

    Sem dúvida Pedro.. Não passam de fanáticos..e estes existem em todo o lado. Mas a não vamos comparar o nivel de fanatismo... Ou achas que sim? Dando o exemplo da sociedade portuguesa. Achas que a "rua" portuguesa se compara à rua de um qualquer país Árabe?  

  4. # Blogger Miguel M. Ferreira

    Só mesmo os iluminados para compararem estas situações!!! Por acaso até me tinha esquecido das manifestações armadas e raptos de civis que se seguiram a esse cartoon do papa João Paulo II...mas ainda bem que me lembram!
    A "costela" de apoiante dos fundamentalistas nunca desaparece, nem quando eles praticam o indefensável. Há sempre algo que os desculpa!  

  5. # Anonymous João Ribeiro

    Isto faz me lembrar a cantora irlandesa Sinead O'Connor quando rasgou a fotografia de João Paulo II. Alguém me pode recordar quais foram as reacções dos iluminados de esquerda nessa ocasião?  

  6. # Anonymous Pedro Monteiro

    Pois... as ruas dos países arábes... Grande explicação...E viva a superioridade moral judaico-cristã...
    Balelas... Atentados, raptos civis? Mas já houve algum? Ou foram proferidas declarações que, seguindo a generalidade dos casos nunca passam disso... A base da vossa discussão reside sempre no mesmo... Ou os terroristas ou os seres civilizados... Parece que não se lembram do que aconteceu a um livro denominado " O evangelho segundo Jesus Cristo..." Sim, foi o Sousa Lara, se não é indiscrição pertence à vossa direita tolerante. Podemos continuar com os exemplos... São abundantes... Quanto a fundamentalismo e fanatismo... O vosso querido Bento XVI em pleno século vinte equiparou a validade histórico cientifica da teoria heliocentrica e da geocentrica num qualquer documento editado pela Congregação para a Fé... essa instiuição tolerante... Abram os olhos... Por mim podem gozar com o Maomé, com o Moisés, com Jesus Cristo e até com o Judas Iscariote, bem como com a senhora que engravidou pelos ouvidos...
    Por favor não tratem é este assunto como quem trata da sua própria casa e que diz aos visitantes, podem viver aqui mas sujeitam-se às regras, quando as regras não são recíprocas...
    E por respeito à sanidade mental dos leitores do blog deixem de chamar defensores dos terroristas ( ou será muçulmanos, indiferente para voçês é a mesma coisa)a quem não afina incondicionalmente pelo vosso diapasão. Não me apetece ter que discorrer outra vez sobre o impulso dado pela generosa civilização ocidental ao integrismo islâmico...  

  7. # Anonymous Anónimo

    Pedro Monteiro said: " E viva a superioridade moral judaico-cristã..."
    Ninguém falou em superioridade de ninguém!
    Tu é que quiseste comparar comportamentos... que não são comparáveis.  

  8. # Blogger Miguel M. Ferreira

    Quanto aos raptos...em vez de ler apenas o Avante se lesses as notícias saberias que um cidadão alemão foi recentemente raptado na Palestina. Relativamente às comparações nunca aqui viste defensores do Sousa Lara...nem de Bento XVI...nem de algum fanático europeu. Meu caro Pedro Monteiro, nem sequer defendo quem caricaturou o Maomé...apenas entendo que as reacções de alguns Muçulmanos demonstram perfeitamente a sua intolerância. Ainda ontem invadiram a embaixada da Dinamarca em Jacarta...ficaram a 2 metros do Gabinete do embaixador...e tu apenas sabes lembrar que nós, "ocidentais fanáticos" somos iguais ou piores. E depois falas em sanidade mental...  

  9. # Anonymous Jpp

    Existem dois tipos de questão a meu ver. Primeiro devemos conceder que as caricaturas podem ser ofensivas para quem é crente. Isso é óbvio.
    Depois temos de perceber que as reações arabes são desproporcionadas. Se em Portugal fosse publicada uma imagem de um familiar meu, ou de uma figura politica ou até religiosa, o que haveria a fazer era apresentar queixa. Não estou a ver um qualquer grupo portugues a comportar-se como os muçulmaonos estão a fazer.  

  10. # Blogger Marcos Couto

    Acho que o Zequinha quis chamar a atenção para uma situação bastante importante e para a qual não se está preparado....
    Se estas caricaturas tivessem surgido á 500 anos ou mesmo a 100 ou à 50 nada disto teria a dimensao que hoje esta a ter. De facto a verdade é que a civilização ocidental não conhece nem compreende a civilização oriental... mais... a primeira cultura tenta obrigar a segunda por todos os meios (incluindo a guerra) a assemelhar-se... O Mundo ocidental aina não compreendeu que o Modus cognito de um iraniano, de um nepales, ou de um chines é diferente de um frances, de uma americano ou de um britânico... De facto, existem bastantes barreiras e dissemelhanças entre estas duas culturas, a todos os níveis, sobretudo no campo social e religioso... Ora e voltando à minha primeira ideia que à 100 anos nada disto traria polémica, na verdade´com os avanços tecnologicos dos meios de informaçao e dos meios de comunicação social torna-se mais e cada vez mais evidente e acentua-se este choque civiliacional que de facto existe... que tem que ser respeitado por forma a podermos cohabitar pacificamente...  

Enviar um comentário

Links to this post

Criar uma hiperligação


Web This Blog

Blogues




© 2006 Virtualidades | Blogger Templates by GeckoandFly.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.
Learn how to make money online | First Aid and Health Information at Medical Health